PASSARAM POR AQUI

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

ESTRUTURA E EXPERIÊNCIA DO DISCIPULADO ANTROPOLOGICO


             Na era denominada Pós-Modernidade, responsável pela construção de uma nova estrutura simbólica norteadora de opções e ações: a experiência com um sagrado mercantilizado torna um experimento de que a evangelização de interesse próprio não tem tido mais a eficácia desejada.
            A razão é que o aparato científico – racional não é suficiente para realizar algo que envolva o ser humano na sua totalidade e de forma incondicional, por isso mesmo a necessidade de um discipulado que esteja à altura da sua exigência. Embora as denominações ofereçam muitas alternativas, em termos de prazeres e realizações, mesmo assim a insegurança continua e a procura de resposta consistente do ser humano acerca de si e do universo que o circunda.
            O discipulado vem oferecer um estudo sistemático de mudança de vida, quem passa pelo discipulado, torna-se um discípulo, mais que um aluno, mais que um ouvinte, é uma pessoa disciplinada a obedecer a ordem do mestre o mais próximo possível da realidade incontida pelo seu discipulador.
            O processo estrutural desse fato tem dado a sustentabilidade da igreja de Cristo na Terra. Sem discípulos a continuidade do ministério ficará comprometida. Quando tem está ferramenta (discipulado), isso fará com que se possa construir um caminho possível pelo qual o infinito e incondicional possa transitar em direção ao finito e condicional, e também permitir que se perceba a factibilidade de uma caminhada entre a realidade e a utopia, priorizando o sentido esperado frente à realidade existente que sempre é diferente e desafiadora, de forma que o ser humano possa construir uma experiência significante e encontrar-se com Cristo.
            O homem estuda possibilidades de encontrar-se com um superior desconhecido, que os cristãos denominam de “Deus o Criador do Universo” mas antes de estudar Deus, ele para estudar a si próprio, tentando encontrar dentro de si uma brecha para apontar que pode se salvar. Mas não foi possível até o dia de hoje, e jamais se encontrará salvação pelas mãos humanas, somente há um salvador, este é Jesus.
            Discipulado vem de encontro com este estudo, demonstrando que há possibilidade de encontrar vida na eternidade com Deus, basta decidir a Cristo, porém discipular necessita de estrutura emocional, física, e espiritual. Não há possibilidade de estruturar a sua vida sem Deus.
            É impossível conhecer a antropologia sem conhecer o criador do ser humano, ou sejam levados à incondicionalidade até o ponto de adquirirem subjetividade retroagindo sobre a vida da pessoa e dominando-a completamente com o discipulado errôneo.
            Ao discipular escolha um mestre, este deve ser Jesus com base na Escritura Sagrada.
            Venha fazer parte do Departamento de Discipulado, como disse: Paulo, “...seja um imitador de Cristo”.
Pr. Edmarcos Christen. (Pastor Auxilia da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Joinville – SC).