PASSARAM POR AQUI

segunda-feira, 17 de março de 2014

O Cirandar de Satanás e a intercessão de Jesus.


O que você faria se tivesse andado três anos ao lado de Jesus Cristo, recebido poder para curar enfermos e expulsar demônios; se tivesse andado sobre as águas, e depois de  tudo isso você ouvisse Jesus te dizer que você ainda precisava se converter?

Pois é, mas foi exatamente isso que o apóstolo Simão Pedro ouviu depois de
três anos andando diariamente ao lado do Senhor Jesus.

“Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos” Lucas 22:31,32.

Mas, ainda mais estranho foi o que Pedro ouviu Jesus dizer sobre o que Satanás teria “pedido” para fazer com ele: cirandá-lo como trigo!

Jesus sempre da uma oportunidade para o ser humano para que possa superar do seu egoísmo e ficar dependente Dele.

Porque Satanás encontrou em Simão um Apóstolo com brechas para atuar na sua vida, mesmo que Deus está no controle e que o Diabo só vai atacar os seus servos com a autorização de Deus, e ou a sua permissão.

Jesus chama Simão, pois cada vez que Jesus o chamava de Simão estava chamando um homem com sentidos humano, quando Jesus chamava de Pedro era no sentido espiritual, ou um homem espiritualmente atuante. Neste caso Jesus chama de Simão, pois estava falando com um homem totalmente carnal, que não tinha sentidos espirituais no momento.

Os motivos mais prováveis que Satanás fez à solicitação de colocar Simão a prova de um “Crivo” foi por atitudes do apostolo. Como por exemplo:

1 – Autoconfiança ( Lc. 22.33) -  Simão logo respondeu dizendo que estava pronto. Ninguém está totalmente pronto para seguir Jesus, todos nós temos falhas, erramos , pecamos, mas a misericórdia de Jesus nos alcança. Simão ficou presa fácil do inimigo, pois confiava mais em si mesmo do que em Jesus. O maior perigo hoje é das pessoas não confiar mais em Jesus, procura os livros de auto-ajuda e confia em outras coisas, menos em Jesus.

2 – Não permaneceu na oração ( Lc. 22.45) – Todos nós precisamos orar sempre e nunca deixar de falar com Deus através da oração, pois isso deixa o ser humano fraco espiritualmente, facilitando a ação do inimigo da nossa alma.

3 – Precipitação ( Lc. 22.55) Quando os soldados romanos chegaram para prender Jesus, Simão sacou de sua espada e cortou a orelha direita de Malco, sua valentia era carnal, porque dormiu e não orou, entrou na batalha errada, com arma errada, porque não tinha orientação do Alto.

4 – Seguia Jesus de Longe (Lc. 22.54) Hoje ainda tem pessoas seguindo Jesus de longe, tem medo de assumir as responsabilidades com a igreja, anestesia a consciência vivendo as práticas erradas.

Jesus não desistiu de Simão Pedro, Ele não vai desistir de você. Mas é momento de confiar mais em Deus, não viver na indolência, jamais se precipitar com a vontade de Deus e seguir a Jesus bem de perto.

Jesus quer te salvar, perdoar seus pecados e escrever seu nome no livro da vida e preparar um lugar para você no céu.

Só é necessário aceitá-lo, faça isso o mais breve possível em uma Igreja Evangélica Assembleia de Deus mais próxima de sua casa.

Pr. Edmarcos Christen
Supervisor do Setor 35: Anitápolis
IEADJO